• capa_site_ic_ufsj_2019_1920x1080px-01.png
  • capa_site_ic_ufsj_2019_1920x1080px-02.png
  • capa_site_ic_ufsj_2019_1920x1080px-03.png
  • capa_site_ic_ufsj_2019_1920x1080px-04.png

Do manual ao digital, a nova interface da criação de poemas

Com o objetivo de trabalhar a criação de poemas digitais, está entre as 50 oficinas do 31º Inverno Cultural UFSJ a Oficina de Poesia Digital: criação de poemas em ferramentas digitais, ministrada pelo professor Alex Lima. Interpretando textos poéticos de diversos autores, instrutor e alunos criarão poemas eletrônicos digitais.

Segundo Alex, será uma vivência de criação, “um laboratório onde poderemos intervir diretamente no texto-poético dando-lhe possibilidades para releituras e criações”. Ele explica ainda que as atividades serão realizadas “usando ferramentas digitais para dar-lhe movimento, cores, imagens, formas e o que mais for possível nessa interpretação textual”.

O produto final do workshop será um poema digital que “terá a forma, o som, a tipografia, o movimento que o intérprete perceber e puder gerar com uma ferramenta digital”, conta Alex.

Além disso, definir onde os poemas serão veiculados também é uma parte do processo de criação, já que eles podem ser acessados on-line em plataformas como Youtube, off-line, em CDs, em locais que permitam interatividade ou ainda com intervenções urbanas, como exibido em Palavra de Rua – XV Território de Arte.

A atividade será realizada nos dias 22 e 23 de julho, no Laboratório de Informática do Campus Santo Antônio – CSA/UFSJ, das 14 às 18 horas. Podem se inscrever oficineiros a partir dos 14 anos – as inscrições devem ser feitas no site www.invernocultural.ufsj.edu.br até o dia 17, enquanto houver vagas.

 

Texto: Joyce Stampini

Edição: Mauro Lovatto e Rogério Alvarenga

Revisão: Adalberto Nunes

Imagem: Oficina de Poesia Digital. Divulgação Inverno Cultural UFSJ

 

REALIZAÇÃO

APOIO

 
 
   
 

Universidade Federal de São João del-Rei
Pró-Reitoria de Extensão e Assuntos Comunitários
1988-2019 © Todos os direitos reservados