• capa_site_ic_ufsj_2019_1920x1080px-01.png
  • capa_site_ic_ufsj_2019_1920x1080px-02.png
  • capa_site_ic_ufsj_2019_1920x1080px-03.png
  • capa_site_ic_ufsj_2019_1920x1080px-04.png

(IN)cômodos em casa: sua residência pode virar palco

Quantas histórias cabem dentro da sua casa? Os cômodos guardam memórias e a disposição dos móveis revelam gostos, muitas vezes, peculiares. De 25 a 27 de julho, às 19h, três residências de São João del-Rei serão selecionadas para receber três micropeças, de 20 minutos cada, como parte do projeto (IN)cômodos.

O grupo Corpo Coletivo de Juiz de Fora chega à 31ª edição do Inverno Cultural UFSJ com uma proposta diferente: usar a sua casa como palco. Uma hora de duração, três cenas, três cenários distintos, porém um espaço comum: a residência. Na cozinha, no quarto e na sala, sem modificar o local de origem, os atores trazem à tona a reflexão sobre conflitos que só encontramos espaço para evidenciar dentro do nosso lar.

“Flor do campo” conta a história de uma mulher que busca se adaptar ao meio em que vive e às imposições que lhes são feitas. A cozinha fica responsável por receber essa cena. Em “Tomates, morangos e drogas Homeopáticas”, a personagem agora vai para o quarto e adere a uma dieta um tanto quanto inusitada. Por fim, a solidão bate à porta: “Gaveta vazia, peito vazio” revela a dor da perda no chão da sala de estar.

A seleção das residências que receberão o espetáculo será feita mediante a inscrição dos interessados. Seguindo o critério da diversidade dos bairros, descentralização das apresentações e disponibilidade de dias e horários propostos, o Corpo Coletivo divulga no dia 15 de julho o resultado. Os donos dos locais selecionados deverão convidar de 10 a 15 pessoas para assistir a peça. As inscrições vão até o dia 10 de julho, quarta-feira, neste link.

 

Texto: Victória Souza

Edição: Rogério Alvarenga

Revisão: Adalberto Nunes

Foto: Divulgação Inverno Cultural UFSJ

 

REALIZAÇÃO

APOIO

 
 
   
 

Universidade Federal de São João del-Rei
Pró-Reitoria de Extensão e Assuntos Comunitários
1988-2019 © Todos os direitos reservados