EXPOSIÇÃO: NO XINGU HÁ MAIS DE 100 ANOS

 

SINOPSE: O objetivo deste projeto é dar espaço, dar chão e voz à raiz do povo brasileiro, por meio desta exposição em espaços expositivos institucionais, onde ela possa ser oferecida gratuitamente para o espectador, onde há muita circulação por turistas e visitação de escolas, promovendo, aos estudantes, a revelação do dia a dia da vida na aldeia, os anseios da nova geração de índios, assim como os conhecimentos do mais velho ancião e pajé. As imagens aqui resguardadas tornam-se um cenário prestes a mudar totalmente com a construção e abertura da usina de Belo Monte, que prevê a diminuição de 80% do fluxo da água do Rio Xingu. Este trabalho tem caráter documental e histórico e se coloca como testemunho de uma organização ancestral e viva, de um tipo de vida completamente integrado à natureza em pleno século XXI. Testemunho sobre a construção espacial e cultural da oca, onde se abriga junto a família inteira: avós, filhos e netos, praticando a continuidade deste modus operandis ainda preenchido pela originalidade e conhecimentos desta cultura indígena brasileira. A Aldeia kamayurá é considerada a guardiã das manifestações culturais de todo Xingu. É lá onde se dão os grandes encontros entre todas as tribos durante as festividades do Kuarup. Portanto, mais um objetivo deste projeto é justamente salvaguardar tais conhecimentos e figuras importantes da história brasileira e revelá-las, dar-lhes um lugar especial com acesso democrático, oportunizando o ensino do conhecimento deste Brasil do qual pouco se vê

Foto: Camila Vinhas Itavo (divulgação)

Currículo da artista: Camila Vinhas Itavo é bailarina, fotógrafa, professora e cineasta. Possui pós-graduação em Histórias e Narrativas Audiovisuais pela Universidade Estadual de Goiás e cursa Mestrado Interdisciplinar em Performances Culturais pela Universidade Federal de Goiás. É premiada pelo PROAC/SP, em 2011 -  prêmio estímulo de exposição individual da Secretaria de Cultura do Estado de São Paulo com “No Xingu há mais de 100 anos”.

 

DIAS: 20 a 28 de julho de 2019

HORÁRIO: 9 às 17h

LOCAL: Pátio Pavilhão de Aulas do Campus Santo Antônio/UFSJ (Praça Frei Orlando, 170 - Centro)

PÚBLICO: Livre


Universidade Federal de São João del-Rei
Pró-Reitoria de Extensão e Assuntos Comunitários
1988-2019 © Todos os direitos reservados