21 a 29
de julho

São João del-Rei  

 

_O que a cultura representa para você?

Liberdade?
Diálogo?
Tolerância?
Conexão?

Esse ano, nossa identidade abre espaço para palavras que buscam despertar reflexões sobre a nossa relação com a sociedade. Um inverno com mais cores pela cidade, e as diversas possibilidades de experimentar o diferente e ser arte. O Inverno Cultural UFSJ 2018 já está começando!_

TV UFSJ

Não há como negar que as tecnologias de comunicação estão presentes na vida escolar. E que precisamos lidar com elas. Os estudantes da Escola Estadual Governador Milton Campos sabem bem disso, e produziram, como parte do projeto NAV Cine, curta-metragens que serão exibidos no Inverno.

No terceiro dia de festival, o 30º Inverno Cultural UFSJ traz o espetáculo Maratona de Nova York. Em montagem de ato único, a peça apresenta os atores Julio Cesar Campagnolo e Rayne Sena interpretando Steve e Mario, personagens que traçam uma maratona literal e também uma corrida ao longo das próprias memórias.

Os alunos da ONG Atuação estão prestes a viver uma experiência essencialmente lúdica no 30° Inverno Cultural UFSJ. A oficina Teatro, Jogos e Brincadeiras vai revisitar e reinventar o universo de diversão das crianças, propondo a transformação e a criação de novas formas de lazer tradicionais no universo infantil.

A 30ª edição do Inverno Cultural trabalha palavras de força como tolerância, diálogo, conexão e liberdade. Preocupa-se em trazer eventos acessíveis a todos os públicos. Acessibilidade é a condição que permite a utilização segura e autônoma dos espaços por pessoas com deficiência ou mobilidade reduzida.

Parece estranho unir arte, insetos, eletrônica e sustentabilidade? Esse é o desafio proposto pela oficina Colônia de Insetos Eletrônicos, que recebe inscrições entre os dias 18 e 19 até as 15 horas. O objetivo é utilizar sucata eletrônica para criar pequenos “robôs insectoides” que interajam com ambientes da cidade.

O primeiro domingo de Inverno Cultural promete encher a Praça Bom Jesus de Matosinhos com a energia alegre e contagiante do samba. A condução da festa fica por conta do Boêmios de Isis, que neste ano se apresenta pela terceira vez no festival. Preparamos uma entrevista exclusiva com a cantora Isis Ferreira.

Quem disse que tudo tem que ser eterno para ser inesquecível? A oficina Monumentos Temporários: intervenções, performances e proposições memoriais pretende justamente debater a relação entre memória e identidade a partir da criação de monumentos que dialoguem com a temporalidade.

Inspirados em artistas como Amy Winehouse, Stevie Wonder, Tim Maia, Seu Jorge e Jorge Bem, a banda local Red Maria abre a programação de shows do palco da 30º edição do Inverno Cultural, na noite do dia 21 de julho. Promessa de espetáculo com forte pegada black, blues e jazz.

REALIZAÇÃO

APOIO

 
 

   

Universidade Federal de São João del-Rei
Pró-Reitoria de Extensão e Assuntos Comunitários
2016/2018 - Todos os direitos reservados