NOTÍCIAS

Escrever sem doer

“A matéria-prima da escrita é a palavra, e não a ideia”, enfatiza Ronald Claver Camargo enquanto divaga a respeito da escrita e dos ofícios de um escritor. O professor, poeta e escritor belo-horizontino promoveu no Inverno Cultural UFSJ a oficina Escrever Sem Doer, que tem como meta estimular a criatividade e auxiliar a prática da escrita.  A dinâmica da oficina é bastante simples e paciente, de modo a proporcionar a espontaneidade para facilitar a produção dos textos.

Os temas trabalhados já estavam definidos, mas certos de que poderiam sofrer alterações de acordo com a reação dos alunos – que Ronald trata como escritores. Antes que a magia aconteça e as palavras tomem corpo, é preciso passar pelos processos naturais da escrita, definida por Ronald como uma atividade intelectual e física. Por isso, tudo começa com um aquecimento. Esticar os braços, espreguiçar, mexer as mãos, piscar os olhos, olhar para os lados, vislumbrar o ambiente… E, dessa forma, os escritores começam a preparação para a atividade.

“Escreve-se com palavras, e não com ideias. Tendo palavras, chegaremos ao texto com mais facilidade”, conta Ronald Claver, que é professor aposentado do Colégio Técnico da UFMG e atualmente oferece oficinas de escrita, principalmente na capital mineira. Em sua carreira, já publicou cerca de 30 livros, entre eles alguns que surgiram das próprias oficinas.

As novas formas de expressão escrita, como as redes sociais, blogs e afins, também foram tema da conversa entre Ronald Claver e o Inverno Cultural. Ele comenta que hoje as pessoas estão escrevendo mais que antigamente, às vezes em código, e valoriza esse fenômeno: “Temos de tirar proveito disso. Precisamos trabalhar esse material e levá-lo para as salas de aula”.

“Escrever e riscar, cortar / Escrever e mudar / Escrever e tentar / Escrever e arriscar / Tornar o branco impuro / Mas sem doer”. É com esse pequeno poema que são descritas as etapas do processo de escrita que, apesar de penoso, sempre se mostra gratificante.

Texto: João Vitor Bessa

Edição: Rogério Alvarenga

Foto: Letícia Carvalho


Universidade Federal de São João del-Rei
Pró-Reitoria de Extensão e Assuntos Comunitários
2016/2017 - Todos os direitos reservados