NOTÍCIAS

Cantos e Tambores: Jongo e Congada

Os tambores não se calam! A voz da ancestralidade ecoa nas ruas, nas praças, nos largos. Elas vêm de longe e se preenchem no espaço-tempo. Do morro para o Centro, trocar os saberes que pulsam os corações. Com esta proposta acontecerá a oficina Cantos e Tambores: uma vivência de Jongo e Congada.

Numa imersão em suas riquezas de cantos, nos louvores, nas palmas e no corpo que dança e se recorda, o grupo de Congado Moçambique Catopé Nossa Senhora do Rosário e São Benedito, junto ao grupo de Jongo Negra Mina, partilharão suas vivências na oficina. A oficina irá acontecer no dia 24 de julho, de 14 às 17 horas, em frente ao Teatro Municipal de São João del-Rei, 

Crianças a partir de oito anos e adultos devem se inscrever o quanto antes, pois o prazo para as inscrições terminam no dia 16.

Os grupos

O Grupo de Estudos e Prática de Jongo Negra Mina surgiu em meados de 2015 com a proposta de disseminar a cultura jongueira pela cidade de São João del-Rei. Vem, desde então, realizando atividades nas praças, escolas e comunidades.

O Terno de Congada Moçambique e Catopé de Nossa Senhora do Rosário e São Benedito do Bairro São Dimas surgiu em 2001 para celebrar a festa da padroeira e continuar uma tradição familiar de congadeiros, salvaguardando a memória tradicional do catolicismo negro na cidade. O grupo também tem seu histórico de apresentações em escolas, museus e festas regionais de santos católicos.

Dúvidas ou mais informações, basta enviar um e-mail para Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo. ou ligar pelo número (32) 3379-2510.

Publicada em 11/07/2018

Texto: Camille Gallo Miranda

Foto: Thais Andressa

 

 

 


Universidade Federal de São João del-Rei
Pró-Reitoria de Extensão e Assuntos Comunitários
2016/2018 - Todos os direitos reservados